Valete de Copas Começa hoje a 11.ª edição do MOTELX em Lisboa - Valete de Copas
travel-one

Começa hoje a 11.ª edição do MOTELX em Lisboa

Certame terá 74 sessões de cinema de terror divididas por Cinema São Jorge, Teatro Tivoli e Cinemateca Júnior.

Arranca hoje mais uma edição do MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa. Entre os dias 5 e 10 deste mês, o Cinema São Jorge, o Teatro Tivoli BBVA e a Cinemateca Júnior vão receber 74 sessões de cinema recheadas com o melhor gore feito em Portugal e além-fronteiras.

A sessão de abertura traz consigo a longa-metragem do norte-americano Kevin Phillips, Super Dark Times, uma mistura sangrenta entre Donnie Darko e Stand By Me - Conta Comigo, que retrata a passagem traumática da adolescência à idade adulta. Já o encerramento do Festival, no sábado, 10 de setembro, faz-se com a antestreia nacional do aguardado IT, a adaptação do bestseller homónimo de Stephen King dirigida por Andy Muschietti, que recentemente fez história como o filme com o trailer mais visto de sempre no dia de lançamento (cerca de 197 milhões de visualizações), e que segue as aventuras de sete jovens amigos de uma pacata cidade do interior dos Estados Unidos que terão que unir esforços para derrotar uma aterradora criatura em forma de palhaço conhecida como Pennywise.

Mas há muito mais a não perder nos seis dias do festival, a começar pelos filmes de Roger Corman e Alejandro Jodorowsky, lendas vivas do cinema e convidados de honra desta edição. O primeiro marcará presença no MOTELX no dia 6 com uma masterclass e uma sessão de autógrafos, seguidas da exibição de O Homem com Raios X nos Olhos (1963), um invulgar objecto sci-fi sobre um médico que desenvolve umas gotas oftálmicas que lhe dão a capacidade de ter visão Raio-X. No dia seguinte, Corman irá receber a distinção "MOTELX – Mestre de Terror" pelas 21h30 no Teatro Tivoli BBVA e, em seguida, (re)apresentar à audiência presente o clássico A Máscara da Morte Vermelha (1964), unanimemente considerado o apogeu das suas oito adaptações cinematográficas de Edgar Allan Poe.

A masterclass e a sessão de autógrafos de Jodorowsky estão marcadas para dia 9 e antecedem a exibição de Santa Sangre, demonstração incomparável da sua inspiração e génio com tanto de bizarro como de erótico. Para o dia 10 está reservada a exibição em 35mm de El Topo, filme místico de pistoleiros, sangue e carnificina com que o chileno se tornou pioneiro das sessões da meia-noite.

Destaque também para os 8 filmes em competição pelo Prémio MOTELX – Melhor Longa de Terror Europeia/Méliès d'Argent, todos em estreia nacional. São eles Animals, de Greg Zglinski (Suíça/Áustria/Polónia); Cold Hell, de Stefan Ruzowitzky (Alemanha/Áustria); Kaleidoscope, de Rupert Jones (Reino Unido); Lake Bodom, de Taneli Mustonen (Finlândia/Estónia); The Limehouse Golem, de Juan Carlos Medina (Reino Unido); The Night Of The Virgin, de Roberto San Sebastián (Espanha); Prey, de Dick Maas (Holanda); e Rift, de Erlingur Óttar Thoroddsen (Islândia). 

Para os amantes de documentários, a secção Doc Terror apresenta 78/52 - na qual o cineasta e argumentista Alexandre O. Philippe desconstrói as 78 posições de câmara e 52 planos da mítica cena do chuveiro de Psycho- e King Cohen: The Wild World of Filmmaker Larry Cohen, a história do argumentista, produtor, realizador e rebelde Larry Cohen.

Dos 33 filmes da secção Serviço de Quarto, que mostra fora de competição os melhores filmes de terror dos últimos anos, destaque para a longa-metragem filipina Bliss, o canadiano Lowlife, descrito como "uma variação de Tarantino para a era Trump", Train to Busan, filme de zombies que se tornou um fenómeno de bilheteiras na sua Coreia do Sul natal e a comédia negra El Bar, do espanhol Álex de la Iglesia.

Nos eventos paralelos do MOTELX, as novidades vão para uma leitura ao vivo do guião da curta-metragem Linhas de Sangue, de Manuel Pureza, a apresentação do livro de Kier-La Janisse sobre Jean Rollin e uma sessão em VHS com o filme de culto low-budget Lady Terminator (aka Nasty Hunter), de 1989. 

No derradeiro dia do Festival, e para além do já mencionado IT, realce, igualmente, para o anúncio dos vencedores dos Prémios MOTELX – Melhor Curta de Terror Portuguesa/Méliès d'Argent e Melhor Longa de Terror Europeia/Méliès d'Argent, que será feito pelo colegiado de jurados constituido pelo crítico de cinema Kim Newman, os atores Rogério Samora, Iris Cayatte e Maria João Bastos, o artista musical Carlão e o cineasta turco Can Evrenol.

A programação completa da 11.ª edição do MOTELX está disponível em www.motelx.org e os bilhetes já se encontram disponíveis para venda na ticketline.pt e postos de venda associados, bem como nas bilheteiras do Cinema São Jorge e do Teatro Tivoli BBVA.

Pedro Duarte

Se o nosso cantinho à beira-mar plantado é popularmente descrito como o país dos três "efes" [Fado, Futebol e Fátima], já eu posso ser definido como alguém que tem três grandes (ENORMES!) paixões igualmente iniciadas pela sexta letra do abecedário: Família, Futebol e Filmes.

0 Comentários

    Dê a sua cartada.

Deixe-nos o seu comentário

Faça login no topo da página para comentar.