Valete de Copas O Antigo Carteiro: aqui a carta chega à mesa - Valete de Copas
travel-one

O Antigo Carteiro: aqui a carta chega à mesa

O melhor elogio à tradição num espaço portuense onde a genuinidade se destaca em todos os ângulos.

Na perfeita companhia do Douro se chega ao Largo do Ouro, bem no coração de uma típica freguesia da invicta, Lordelo. N'O Antigo Carteiro, restaurante que se rege pela máxima "Comida dos pés à cabeça", ainda é possível contemplar o reclame que mostrava o uso original do edifício. Ali habitava o carteiro.

A fachada, bem recuperada, e que seguramente encerra muitas histórias, convida ao entrar. Subindo as escadas somos recebidos por um pátio/terraço protegido por um tolde onde se agarram e sobem alguns elementos verdes que rapidamente dão toda uma vida própria ao espaço.

A decoração é simples, depurada e cuidada, elegantemente pontuada por elementos de destaque, seja uma cadeira, um tom forte, um apontamento distinto. Ficamos no exterior pois o tempo convidava e a luz estava perfeita. O atendimento sempre pronto e muito simpático veio compor na perfeição o ambiente. 

Já levava algumas referências das especialidades que era obrigatório provar, visto andar para visitar O Antigo Carteiro há tempo demais. Com tanta novidade e estímulo do paladar, a nossa comida mais enraizada e tradicional é submetida algumas vezes para planos mais tardios. Assim aconteceu, imperdoavelmente, com este espaço.

Finalmente no restaurante, a língua de vaca fatiada e o rabo de boi não podiam deixar de vir para a mesa. A par da língua, a punheta de bacalhau veio fazer a receção da melhor forma. Duas entradas tão distintas, tão tradicionais e tão bem confecionadas. A língua chegou mesmo a arrancar suspiros ao petiz que se apaixonou pela iguaria. O bacalhau, por seu lado, destacou-se pelo sabor e enorme frescura, que casaram na perfeição com o calor do dia.

Uma rápida análise da ementa realça o uso dos miúdos, partes dos animais consideradas menos nobres, como peças de eleição. 

O rabo de boi e o naco de vitela deram forma aos pratos principais. Sendo que o primeiro vem assado, muito bem assado, apresentando-se intenso nos sabores, super tenro, maravilhoso, acompanhado com migas de batata e legumes. O segundo tem uma confeção mais simples e ligeira, como é suposto, que não lhe retira mérito absolutamente nenhum. Passada na perfeição acompanha com uma batata frita finissima e viciante.   

Da carne já conhecia há muito a fama, mas das sobremesas só podia esperar qualidade considerando o que lhes antecedeu. Ainda assim, assumo que me surpreenderam. Três pedidas, todas tão distintas, três excelentes..

A tarte de lima, muito fresca e saborosa, o pudim Abade de Priscos simplesmente perfeito dentro da sua forte natureza, e o crumble de maçã com gelado considerado "apenas" dos melhores já experimentados. 

A comida que O Antigo Carteiro nos oferece prova que frases feitas ao género de "menos é mais" são muito mais do que isso e trazem em si muita verdade. Quando bem feita a simplicidade sobrepõe-se a todos os artifícios e qualquer vestígio de exuberância. O resultado de um envolvimento incrível com a clássica proteína, tirando o máximo partido do produto na sua totalidade, à semelhança do que sempre aconteceu na nossa gastronomia tradicional, dificilmente poderia resultar melhor. 

Claramente diferenciadora, esta cozinha oferece iguarias que não se encontram em qualquer lugar, como cabeça, sames, orelha, rabo ou língua. Ficou, ainda, a enorme vontade de provar o arroz de enchidos. 

O Largo do Ouro é lindo, confirma-se. O ambiente do bairro cheira-se e sente-se a cada passo, dando um feliz e completo enquadramento ao restaurante. Este, por sua vez, faz por ser excelente e fiel às nossas raízes gastronómicas. São muitos pontos positivos que culminam na fantástica sensação do "quero voltar logo!". 

Não fosse o valor um pouco elevado de algumas das maravilhosas sugestões, considerando a porção apresentada, e voltava muito mais. Porque a qualidade está toda, mas toda, lá.

 

Ás: Qualidade da comida. Atendimento.

 

Duque: Valor ligeiramente elevado de alguns pratos face à sua quantidade.


Mais informações:
O Antigo Carteiro
Rua Senhor da Boa Morte, 55
4150-686 Porto
Contacto: 937 317 523
Página Facebook: O Antigo Carteiro

Susana Ferreira

Coração de foodie alimentado por uma imensa curiosidade. O meu! Não consigo ver no ato de comer a satisfação de uma mera necessidade fisiológica, mas antes um dos mais essenciais momentos de felicidade. Detesto comer mal mas não sou esquisita, e perco-me por comida autêntica e bonita, que prefiro cozinhar para os outros. Dos lugares, volto sempre aos que me surpreendem e alimentam também a alma. Dos momentos, desfolhar um livro de comida, conhecer um ingrediente novo ou encantar-me por sabores de outras paragens, é quanto basta para serem felizes. Cozinhar, Comer, Viajar, Aprender e Partilhar são os verbos que me preenchem. Assim como Barcelona, queijos, fruta, alta pastelaria, bom sushi e genuínos sabores italianos.

0 Comentários

    Dê a sua cartada.

Deixe-nos o seu comentário

Faça login no topo da página para comentar.