Valete de Copas O tão esperado regresso ao... trabalho - Valete de Copas
travel-one

O tão esperado regresso ao... trabalho

O fim das férias pode gerar ansiedade e desconforto. Saiba como tornar essa transição mais suave.

Todos nós já assistimos à azáfama das compras para o novo ano letivo. Ele é cadernos, canetas, lápis, marcadores, capas, mochilas… um corre-corre capaz de esgotar a paciência até aos mais resistentes, mas para as crianças é o melhor momento do mês. Já quando falamos no “Regresso ao Trabalho”, o estado de espírito dos mais crescidos é bem diferente.

Senso comum e experiência de vida dizem-nos que a maior parte das pessoas prefere estar de férias ao invés de estar a trabalhar (não fazendo juízos de valor, parece um raciocínio, no mínimo, natural). Mas para muitos, o fim do período de férias e o regresso à rotina laboral pode ser mais difícil do que imaginamos. Muitos são os estudos sobre os benefícios do período de férias e não é difícil enumerar alguns, mas ainda poucos são aqueles relacionados com o que se pode chamar “Depressão pós-férias”.

O que é então a depressão pós-férias? É o sentimento de ansiedade, tristeza e melancolia que o invade quando está prestes a terminar as férias e a voltar ao trabalho, é a falta de vontade que tão bem conhecemos de passar do relaxamento das férias para o stress do emprego. Imagine o sentimento de segunda-feira mas em maiores dimensões. Esta sensação é tanto maior quanto maior for o período de descanso, tudo porque o nosso organismo terá de se habituar novamente ao dia-a-dia de levar os miúdos à escola e do emprego. Para alguns, esta depressão não é aplicável, mas para outros, é realmente problemático.

Há, no entanto, algumas formas de aliviar os sintomas e tornar esta transição mais suave. Ficam algumas dicas:

Férias até à última? Não!
Não fique de férias (no caso de sair da sua residência) até ao dia anterior a ir trabalhar. Conceda-se um ou dois dias para descansar das férias que teve, habitue-se novamente à sua rotina de casa antes de se habituar à rotina do trabalho.

Acorde mais cedo.
Não comece o dia a correr, acorde mais cedo e faça a sua rotina matinal calma e descontraidamente. Acordar, fazer a higiene diária, tomar o pequeno-almoço e levar os miúdos à escola não tem que ser feito rapidamente. Quinze minutos mais cedo são suficientes para não ter que sair de casa ainda a comer e, quem sabe, apreciar o início do dia em família como fazia nas férias. Stress já chega quando chegar ao trabalho.

Mantenha-se de férias
Não gaste todos os seus dias de férias de uma só vez. Guarde alguns para umas escapadinhas mais curtas com a sua cara-metade, não precisa de ir para longe, só o suficiente para quebrar a rotina e descansar. As próximas férias não têm de ser um vislumbre longínquo.

Deixe o trabalho no seu devido local.
Não traga o trabalho para casa, deixe as preocupações do emprego para o dia seguinte e descanse quando chegar a casa. Por vezes, é difícil esquecer o dia de trabalho, mas faça o esforço e pense em coisas que o façam sentir bem – pense nas atividades divertidas que fez nas férias! Aproveite para passar tempo com a família e descontraia.

Deixar de fazer coisas divertidas? Não!
Existe, pelo menos, um dia de descanso semanal para poder realizar todas as atividades que quiser. Passear com a família, ir ao cinema ou jantar com os amigos são apenas algumas das hipóteses que tem para preencher o dia e que pode ser diferente todas as semanas!


Imagem © Marko Djuric

Não deixe tudo para a última.
Se tem tarefas para realizar nas férias, vá distribuindo-as irmãmente pelos dias. Assim vai-se mantendo ativo e com responsabilidades, ao mesmo tempo que descansa na mesma. Passar de pouco ativo a muito ativo é mais fácil do que passar do nada ao tudo.

Faça exercício físico.
O exercício físico é um bom método de relaxar e de se distrair das preocupações que advém do emprego. Para além disso, torna-o mais saudável e ajuda-o a perder aqueles quilinhos a mais que ganhou durante as férias.

Não viva para o trabalho, viva do trabalho. Aproveite as suas férias ao máximo e, com pequenas atitudes e mudanças de ritmo, pode aproveitar o resto do ano também.

David Miranda

Pai, Marido, Amigo, Profissional. Por esta mesma ordem! Pensador e empreendedor por natureza, tem uma sede insaciável por construir e ver crescer tudo o que possa "simplesmente" ser inovador. Formado em Arquitetura, profissional na área do Marketing Digital e amante incondicional do desporto rei, é no seu blog Duas para Um que consegue exprimir e partilhar com o mundo tudo o que lhe vai na alma, principalmente todo o amor que tem para dar a quem considera ser o seu pilar, a sua família. Um clássico Homem dos 7 ofícios, que a única coisa que teme, é parar...

0 Comentários

    Dê a sua cartada.

Deixe-nos o seu comentário

Faça login no topo da página para comentar.