Valete de Copas Risotto de frango com ervilhas - Valete de Copas
travel-one

Risotto de frango com ervilhas

Uma receita de risotto que pode ser adaptada aos ingredientes que mais gostarmos.

Utilize esta receita como base para outros deliciosos risottos. Basta escolher os seus ingredientes preferidos.

INGREDIENTES (para 4 pessoas)
250 gramas de peito de frango aos cubos
1 cebola picada
1 dente de alho picado
300 gramas de arroz para risotto
1/2 copo de vinho branco
100 gramas de ervilhas ultracongeladas
1 litro de caldo de galinha, carne ou legumes
30 gramas de manteiga
Queijo parmesão q.b.
Sal e pimenta q.b.

PREPARAÇÃO
1. Coloque o caldo a aquecer.
2. Aqueça uma frigideira ou tacho grande.
3. Adicione um fio de azeite, deixe aquecer e doure o frango de ambos lados, mas sem deixar que cozinhe completamente. Retire e reserve.
4. Na mesma frigideira, adicione mais um pouco de azeite se necessário, a cebola e o alho picados. Deixe refogar até a cebola ficar translúcida.
5. Adicione o arroz, misture e deixe fritar durante 1 a 2 minutos. Chama-se a este processo “estalar” o arroz.
6. Adicione o vinho branco, mexa e deixe evaporar.
7. Comece, agora, a adicionar o caldo, uma concha de cada vez, à medida que o arroz o absorva, e em fogo médio.
8. 10 minutos depois, adicione as ervilhas e,  cerca de 5 minutos depois, o arroz deverá estar no ponto. Caso necessário, adicione mais um pouco de caldo ou água. Retifique os temperos. Adicione a manteiga, misture e deixe repousar, já com o lume desligado, durante uns 3 minutos.
9. Sirva polvilhado com queijo parmesão ralado no momento.

DICAS
– Para preparar um caldo caseiro, poderá utilizar as pontas e talos de cenoura, cebola, alho francês, ossos de frango, um ramo de salsa e alguns grãos de pimenta. Não adicione sal.
– Não hesite em substituir ou suprimir o frango e as ervilhas por outros ingredientes como abóbora, cenoura, camarão ou cogumelos.

Rui Ribeiro

Sou inquieto, persistente, guloso, sonhador, estou entre os 10 primeiros lugares no ranking mundial da lambonice e chamo-me Rui. Um Rui que não sobrevive a 24 horas longe dos fogões e que vive em regime de comunhão geral de bens com uma câmara fotográfica que, por sua vez, vive fascinada por  utensílios de cozinha, sejam comprados, oferecidos, ou mesmo "rapinados" das velhas cozinhas das minhas avós. Lavem as mãos, liguem o forno e sejam bem-vindos a este meu mundo delicioso! 

0 Comentários

    Dê a sua cartada.

Deixe-nos o seu comentário

Faça login no topo da página para comentar.