Valete de Copas Ver os pedaços de história de uma Mérida fascinante - Valete de Copas
travel-one

Ver os pedaços de história de uma Mérida fascinante

Cidade espanhola leva-nos à descoberta da herança que os romanos deixaram na Península Ibérica.

Outrora denominada de Emérita Augusta (capital da Lusitânia), a cidade de Mérida, em Espanha, foi no passado distante um dos territórios mais importantes do Império Romano na Península Ibérica. Esse legado histórico permanece nos dias de hoje e é visível em muito do que podemos visitar na atual capital Comunidade Autónoma da Extremadura. Um destino com interesse cultural e arqueológico que é mesmo considerado Património da Humanidade pela UNESCO.

Uma visita a esta cidade, que é atravessada pelo rio Guadiana, leva-nos a um roteiro de turismo ainda desconhecido por grande parte dos portugueses, apesar de se encontrar apenas a cerca de 70 km da nossa fronteira. Nesta viagem, o alojamento no centro histórico pode permitir uma experiência mais completa. Há hotéis de cidade, hotéis boutique, turismo de habitação e as famosas pousadas espanholas.

E foi precisamente numa pousada, o Hotel Parador de Mérida, que decidimos marcar a nossa estadia. E não falta história em redor deste edifício. Trata-se de um antigo convento do século XVIII, que anteriormente terá sido construído sobre os restos de uma construção romana. Com uma localização que permite acesso fácil a todos os pontos de interesse e um pequeno-almoço buffet com oferta diversificada (não pode deixar de provar as bolachas típicas da Extremadura, as “Perrunillas”), este é um bom ponto de partida para iniciar a visita à cidade.


Imagens © DR

Saindo do hotel, damos conta de uma cidade completamente remodelada e preservada. Existem vestígios romanos por todo o lado. O centro histórico da cidade é facilmente percorrido a pé, as ruas têm limitações de trânsito, o que nos permite chegar facilmente aos pontos de interesse. O local mais visitado é o imponente anfiteatro romano, um bom exemplo de preservação e palco ainda hoje de vários espetáculos. Outro marco da cidade, a mais longa ponte romana existente no mundo (721 metros), convida a um belo passeio.

Andando por Mérida, damos conta de pequenas praças e ruelas típicas estremenhas, onde floresce o comércio de rua e, num piscar de olhos, deparamo-nos ainda com um espetacular Templo de Diana. Podemos visitar ainda Museu Nacional de Arte Romana, inaugurado em 1986, que no seu interior possui peças e estátuas referentes à civilização romana que, maioritariamente, foram encontradas um pouco por toda a cidade. E os arqueólogos continuam as minuciosas escavações à procura de mais arte antiga, sendo possível observar estas pesquisas nos pisos inferiores.

Para além de explorar os pontos de interesse, a gastronomia também tem as suas riquezas para descobrir. E boa comida não falta pelas inúmeras tascas e restaurantes de Mérida, onde é possível degustar as afamadas tapas e bocadillos, onde o presunto ibérico e o gaspacho de tomate são iguarias típicas a não perder.

Pela proximidade e acessibilidade, a visita a Mérida é fácil de realizar. No entanto, quem pretender pode optar por ser acompanhado por um guia experiente nesta viagem.

Mário A.

Trabalho na área de turismo e sou apaixonado por diversos temas: desporto, cinema, séries, música, viagens ou videojogos, entre outros. Ambicioso, sonhador, teimoso, nada me demove dos meus objetivos, um verdadeiro Super Mário. :)

0 Comentários

    Dê a sua cartada.

Deixe-nos o seu comentário

Faça login no topo da página para comentar.