Valete de Copas Zoomarine: muita diversão sem esquecer o ambiente - Valete de Copas
travel-one

Zoomarine: muita diversão sem esquecer o ambiente

Parque temático é um dos pontos turísticos mais procurados no Algarve. Estivemos recentemente por lá.

Se gostar de animais, atividades aquáticas e atrações com alguma adrenalina tem no Zoomarine um ponto de interesse. E quem fizer férias no Algarve ou estiver de passagem por alguns dias, pode muito bem juntar o útil ao agradável. Situado na Guia, em Albufeira, este parque temático e aquático inaugurado há 26 anos é hoje um dos pontos turísticos mais importantes da região algarvia aliando lazer, animação e educação ambiental.

Para que se possam ver todas as experiências e exibições que o parque oferece, o ideal é ir de manhã e aproveitar todo o dia. Há também a possibilidade de comprar um passe de 2 dias, o que permite disfrutar melhor de todas as atrações disponíveis. O preço do bilhete é de 29€ por pessoa e de 20€ para crianças menores de 10 anos e adultos maiores de 65 anos. O tal passe para um segundo dia acresce 8€ ao preço dos bilhetes acima referidos.

O espaço dispõe de restaurantes self-service, hamburguerias, pizzarias e snack-bar em pontos estratégicos. Isso permite-nos ter a autonomia de decidir se queremos levar ou não refeições de casa (há locais para almoçar destinados a quem traz a lancheira). Entrando no parque é hora de ganhar entusiasmo e elaborar um plano para visualizar os espetáculos e, ao mesmo tempo, conseguir aproveitar as atrações. Os espetáculos têm uma duração de 20 a 30 minutos, com cada exibição, apresentada em português e em inglês (sempre com uma mensagem em prol da preservação ambiental e das espécies do planeta), a realizar-se duas vezes por dia, uma no horário da manhã e outra durante a tarde.

Comecei pelo show dos golfinhos no Estádio Sam. Este nome tem um propósito. Sam foi o primeiro golfinho que veio para o complexo em 1991 e faleceu em 2011. Em homenagem, o estádio onde se fazem os espetáculos tem agora a sua denominação. Os tratadores interagem com os animais e é possível apreciar as acrobacias destes animais marinhos. Depois, seguimos para o show das focas e leões-marinhos, com uma temática mais infantil e em redor da proteção do ambiente.

Podemos ver também a exibição das aves de rapina onde falcões, bufos e águias demonstram toda a sua beleza nos poderosos voos, o show das aves tropicais (onde existe uma importante chamada de atenção para a proteção das espécies e do seu habitat) e ainda a Baía dos Piratas, animação que foi uma bela surpresa, diga-se, onde acompanhamos as aventuras e desventuras de 6 piratas vestidos a rigor, entre eles um anão (o temeroso Capitão Pastilhas), demonstram peripécias e acrobacias dignas de aplausos, com muito comédia à mistura, capazes de soltar umas boas risadas e muitos aplausos num público de miúdos e graúdos.

No que respeita a atrações, o aquário Oceanus, que possui espécies marinhas de mais de 20 ecossistemas, é um dos locais a não perder. Podemos ver desde moluscos a tubarões, sendo que há ainda um espetáculo com raias, onde é possível, mediante certas regras, acariciar as mesmas ou alimentá-las em horários definidos. Um habitat com algumas das espécies mais exóticas do planeta e um cinema 4D, onde vemos uma pequena história de um pequeno golfinho com algumas surpresas pelo meio, são outros spots que podemos encontrar.

Quem pretender mais ação e brincadeira, poderá experimentar a roda gigante, descer o “Rapid River”, experiência que nos deixou completamente encharcados, andar numa espécie de mini montanha russa (Buffalo) ou atrever-se a entrar no “Barco Pirata”, que se move como um pêndulo e nos cria uns bons calafrios. E, claro, num parque aquático não podiam faltar escorregões, canhões de água, piscina e praia com ondas artificiais, entre outras atrações. 

Ao longo do parque há lojas onde é possível comprar recordações e existe a possibilidade de tirar fotos com os animais após os espetáculos. Outra experiência é o “Dolphin Emotions” onde durante cerca de 90 minutos é possível privar com os golfinhos e seus tratadores numa experiência única. O preço fica acima dos 150€ por pessoa.

O Zoomarine junta pessoas de diferentes idades, culturas e nacionalidades. E todos conseguem encontrar formas de divertimento. Calor, gosto pela vida animal, defesa do meio ambiente, adrenalina e aventura são ingredientes para uma visita enriquecedora e inesquecível. 

Mário A.

Trabalho na área de turismo e sou apaixonado por diversos temas: desporto, cinema, séries, música, viagens ou videojogos, entre outros. Ambicioso, sonhador, teimoso, nada me demove dos meus objetivos, um verdadeiro Super Mário. :)

0 Comentários

    Dê a sua cartada.

Deixe-nos o seu comentário

Faça login no topo da página para comentar.